Desabafos de uma mãe – Introdução Alimentar

O desabafo de mãe no auge da introdução alimentar. Como é triste ver que as mães não são respeitadas! As pessoas não respeitam as decisões delas em relação a alimentação dos filhos.

” Eu estou triste, estou frustrada, chateada e quantos outros adjetivos couberem para uma pessoa que não está bem.
Eu gestei esta criança, eu pari, eu alimentei. Só eu fiz isso. Dar banho e trocar fralda ninguém quer. O pai é pai, não entra na lista. Ninguém nunca veio aqui pra cuidar dela ou de mim. Deixa que eu troco a fralda, ou vai descansar que eu cuido dela. Ajuda quando eu tenho ajuda, desculpe, mas pra mim não conta. Dar colo quando o pai está em casa pra dar colo, não está me ajudando, está ajudando o pai. E está tudo bem. Quem pariu os teus que embale. E embalo mesmo. Dou amor, colo, carinho, canto, danço, brinco, faço exercícios. As vezes fico extremamente irritada, mas quando fico assim, dou um abraço bem apertado nela que passa. E porque toda essa minha raiva? Porque eu tomei a decisão de não dar sal antes de um ano, de não dar açúcar, industrializados e embutidos pra minha filha antes dos dois anos. O pai concorda! Ótimo! Então, o resto que se dane. Vai ter briga sim se der o que eu não quero pra minha filha. Porque isso não é sobre o doce, é sobre respeito! A minha decisão como mãe tem que ser respeitada! Não vou aceitar falta de respeito de ninguém, principalmente de quem não me ajudou e não me acolheu. Fralda que precisava ninguém quis trocar, agora doce quer dar? Não vai mesmo! A filha é minha e eu sei o que é melhor pra ela. E se não for, a conta vai ser minha! Não vou permitir que façam algo para eu pague a conta depois. E se eu tiver que me afastar para evitar isso, paciência! Não faço questão de conviver com quem não me respeita. Discordar de mim, o mundo inteiro pode. Mas tem que respeitar a mim e as minhas escolhas!”

E aí? Como tem sido a Introdução Alimentar? Estão respeitando as suas escolhas?

O que acha do desabafo desta mãe? Concorda ou não?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *