Bookmark and Share

Quero ser Mãe - www.querosermae.com

Dia da Mãe

Perto de 300 mil mães portuguesas gostariam de celebrar este dia
Para assinalar o Dia da Mãe a Associação Portuguesa de Fertilidade lança um site inédito e pioneiro em Portugal no endereço www.querosermae.com
No dia da mãe são muitas as mulheres portuguesas que não recebem presentes, que não sentem o abraço apertado de um filho, que não saboreiam o prazer de um beijo acompanhado pelo som da palavra mãe. * Para muitas mulheres portuguesas o desejo de comemorar este dia é alimentado pela esperança de virem a conhecer o filho que ainda não têm. A APF quer ajudar todas as mulheres que partilham o sonho de virem a ser mães a fazerem desta data um dia diferente, por isso convida-as a colaborarem no projecto “querosermae”, a maior sondagem online dirigida a futuras mães e onde estas poderão dar voz ao seu sonho respondendo à pergunta “o que dirá ao seu filho quando o olhar pela primeira vez?”. * * * *A APF acredita que este acto de imaginação proporcionado às futuras mães, lhes dará a confiança para acreditarem que o próximo dia da mãe possa ser comemorado não somente com esperança mas com todos os mimos que uma mãe merece.*

Este site é dirigido a todos as mulheres que gostariam de ser mães e que até ao momento se viram impossibilitados de concretizar este desejo. Ao acedê-lo, a futura mãe poderá expressar o que diria ao seu filho, para tal, terá apenas de responder a um questionário cujo objectivo será o de avaliar a realidade portuguesa e as circunstâncias deste desígnio. Conscientes de que o filho que habita o projecto de vida de cada uma destas mulheres expressa simultaneamente um desejo pessoal e um tributo ao nosso futuro colectivo, a Associação portuguesa de Fertilidade pretende assim levar a cabo a maior sondagem de sempre realizada a nível nacional dedicada a esta temática e cujos resultados alcançados serão devidamente divulgados. Cerca de 290 mil casais portugueses têm problemas em conceber. Os seus projectos de vida vêem-se constantemente ameaçados por dificuldades de acesso aos tratamentos, numa área da saúde reprodutiva onde os apoios escasseiam e onde os bloqueios aos tratamentos estão frequentemente dependentes de calendarizações políticas.

Associação Portuguesa de Fertilidade

Foi legalmente constituída em Maio de 2006, culminando um movimento cívico e associativo motivado pelos problemas de fertilidade. APF nasceu como um projecto fundamentalmente destinado a apoiar, informar e defender as pessoas com problemas de fertilidade. Para saber mais sobre o projecto da APF, visite o site oficial: www.apfertilidade.org